Joaquim René



Súmula de Conferência:
Vivemos todos sob o mesmo céu, mas nem todos temos o mesmo horizonte. São palavras de Konrad Adenauer que se podem aplicar à procura de um modelo de programação e gestão de Teatros Municipais. Da responsabilidade do poder político autárquico, a definição da missão e do modelo de gestão de cada um destes equipamentos culturais tem (ou deveria ter) em conta fatores diversos que o diferenciam, mas que, por outro lado, tem por base, na sua génese, um objetivo comum – a fruição cultural dos munícipes e o desenvolvimento do tecido artístico. Será, no entanto, possível homogeneizar a missão dos teatros municipais? E será desejável?

Curriculum:
Joaquim René é, desde 2015, Diretor Executivo do São Luiz Teatro Municipal, Teatro sob gestão da EGEAC E.M.. Desempenhou, também para a EGEAC, as funções de Diretor de Produção do Maria Matos Teatro Municipal entre 2005 e 2014 e de produtor executivo e assessor de imprensa no Teatro Taborda, entre 2000 e 2004. Foi docente do módulo de Produção e Comunicação na pós-graduação em Marionetas e Formas Animadas da Escola Superior de Educação de Lisboa. Participou no seminário internacional “Financement et économie de la culture”, organizado pela Université Paris-Dauphine em 2010. Tem formação em Direito, pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa.

Comments